terça-feira, 1 de abril de 2008

Pro meio do oceano!!

Por João Paulo da Silva

Atualmente assistimos a um show de patifaria. O grau de cinismo se tornou escandaloso na República do aedes aegypti. O surto de dengue no Rio de Janeiro revelou, entre outras coisas, que o governador Sérgio Cabral e o prefeito César Maia são dois debochados sem escrúpulos. E tudo o que o Rio não precisa agora é de autoridades debochadas. Ainda mais quando o deboche é direcionado aos que estão morrendo nas filas e corredores de hospitais públicos.

Diante da epidemia – que o Maia só há pouco tempo admitiu, mesmo com 45 casos da doença por hora – os governos municipal e estadual vêm divulgando as mais esquizofrênicas medidas para combater o mosquito. O Cabral, por exemplo, anunciou o disque-dengue e orientou a população a usar calças e camisas de manga comprida. Vê se pode?!

Você está em casa e escuta um zumbido. De repente, surge em sua frente um mosquito preto com manchas brancas. É ele! Você não tem dúvidas. Devagar, sem estardalhaço, você vai até o telefone.
- Alô? Alô? É do disque-dengue?
- É sim. Em que posso ajudar, senhor?
- Socorro, moça. Tem um aedes na minha casa!
- Não se apavore. Procure manter a calma. O senhor tem certeza que é ele? É pretinho com manchas brancas?
- Claro que tenho certeza! Ai meu Deus! Ele está olhando pra mim! O que que eu faço?!
- Senhor, não demonstre que está com medo. Ele pode achar que tem o controle da situação. Faça o seguinte. O senhor tem calças e blusas compridas em casa?
- Tenho sim.
- Vista essas roupas e não deixe que ele se aproxime.
- Mas... e se ele se aproximar?
- Caso o mosquito avance sobre o senhor, corra! Corra e não olhe pra trás!
***
O César Maia foi mais longe na cretinice. Tendo viajado para a Bahia, o prefeito do Rio disse ter rezado para o Senhor do Bonfim. “Pedi ao Senhor do Bonfim que nos ajude, que leve o mosquito da dengue em direção ao oceano.”. A declaração do Maia me fez refletir sobre uma coisa. Não há limites para um crápula. Ainda mais se ele for do Partido Democratas (antigo PFL). É uma pena que a TV ainda não nos permite esganar alguém através da telinha.

Embora o Cabral e o Maia tentem jogar a culpa nas chuvas e no clima tropical, a calamidade carioca já revelou seus verdadeiros culpados. A redução dos gastos com prevenção e combate à dengue e os sistemáticos cortes de verbas da saúde em geral demonstram o completo desprezo dos governos diante das vidas humanas. Não bastasse o grande número de pessoas infectadas pelo mosquito, ainda temos que enfrentar a falta de leitos e atendimento médico nos hospitais públicos. Lula, Sérgio Cabral e César Maia formam um perfeito eixo do mal. Há duas explicações para justificar os atos daqueles que retiram dinheiro das áreas onde, na verdade, os investimentos deveriam ser maiores: burrice ou ação criminosa. No caso de nossos governos, a segunda opção cai como uma luva.

Bom, caso o Senhor do Bonfim resolva mesmo dar uma forcinha, que não leve apenas o aedes aegypti pro meio do oceano. Pode levar o Lula, o Cabral e o César Maia também. Já ajudaria bastante.

9 comentários:

Da(ei)vid disse...

O aedes, ao menos, não tem preconceito pica desde os favelados até atores e apresentadores globais. Por incrível que pareça ainda não picou nehum político. Vai ver que os vírus (corrupção e demais) que possuem tenham criado anti-corpos.

rosa disse...

Você é mestre em psicanálise ou algo parecido? hahahahahaha
freud perderia pra vc..
mas indo ao que interessa, reitero o que já disse antes, seus textos politizados são fantásticos. mas eu não vou babar seu ovo hoje..
te adoro, careca!
beijo

Salomão Miranda disse...

Poxa, tem gente te chamando de psicanalista??!! Tá podendo hein?
Veja lá o texto no meu blog!!!
www.salomaomiranda.blogspot.com

NENU disse...

Cara, joão tu estais escrevendo cada vez com mais argúcia e reconheço em você um ótimo escritor.
Esse do Aedes é muito hilario contudo, gostaria que fosse ficção...
A realidade é cruel mesmo vista por uma forma doce quanto é arte.

Um grande abraço camarada!
Cris

Bruno Jaborandy disse...

joão!

muito bacana teu blog cara, os textos tão engraçadíssimos!

parabéns ae!

Nada sei... disse...

gosteiiii bastantee do blog joão


=D

Lari disse...

só para registrar, eu estive aqui!

=]

beijo

thayse disse...

Oi João! Sou aluna do professor Cláudio Jorge e recebi dele um e-mail seu respondendo a uma crítica feita a um texto dele. Como no final tinha o endereço do seu blog resolvi entrar p/ ler seus textos. Muitos bons!!! O último do aedes é hilário. A parte do disque denúncia então.............
Thayse Azevedo!!!

Pah disse...

então João Paulo, antes de qq coisa, obrigada por ceder a imagem que não é sua tb he he
foi uma busca simplista mesmo, algo como "dinheiro; felicidade", e apareceu seu blog...;-D